Nova ameaça “sequestra” arquivos e exige US$ 3 mil para recuperá-los